Draxler pode ser uma solução inesperada para os problemas do Bayern

A janela do Bayern é dada como encerrada. Uli Hoeness já garantiu que ninguém mais seria contratado neste mês de agosto e que, mesmo com as deficiências na reserva de Lewandowski e principalmente na ponta-esquerda, estava satisfeito com o elenco. Parecia ser algo sem volta, uma decisão já sacramentada. Mas, pouco tempo depois dessas declarações, Julian Draxler acabou aparecendo como opção no mercado. E, diante deste perfil, é difícil que a diretoria não reconsidere sua decisão.


Draxler é alemão e habituado à Bundesliga - até dezembro do ano passado jogava pelo Wolfsburg e, antes, tinha uma vida no Schalke 04. Draxler é jovem, tem apenas 23 anos - idade considerada ideal para participar dessa transição da qual atualmente vive o clube. Draxler joga em todos os setores do meio de campo, seja centralizado ou na ponta-direita. Sua posição de ofício, no entanto, é na ponta-esquerda - nossa principal deficiência.


O preço não deve passar de €40 milhões, o que podemos considerar como equilibrado: alto para os padrões do Bayern, mas acessível diante da superinflação que toma conta do mercado mundial. Ótimo para alguém da qualidade de Julian. E o principal: a possibilidade de ser negociado pelo PSG, de forma até surpreendente, passou a ser grande desde a chegada de Neymar (mais pelo fair play financeiro do que de fato por incompatibilidade tática). Realizar o maior negócio da história do futebol, além do preço altíssimo e inédito, tem também seu ônus.


Getty Images
Getty Images

Draxler: uma inesperada e excelente opção no mercado


É uma oportunidade única para o Bayern integrar alguém jovem, alemão, habituado à Bundesliga e extremamente promissor ao seu elenco, além também de dar uma folga a Ribery, que inevitavelmente será muito exigido em 2017/2018 e já não tem mais físico para depositarmos tantas cobranças.


Vários portais dão como provável uma ida de Draxler ao Barcelona, como contrapartida ao negócio feito por Neymar, mas, diante deste tipo de perfil tão ideal para o que o Bayern em buscado, seria um grande erro não considerarmos ao menos a possibilidade de atravessarmos o negócio. Seu preço e sua juventude fazem valer o esforço. Que a diretoria pense com carinho nessa grande oportunidade.


Siga Bruno Secco no Twitter