Com mais de 200 milhões de euros para gastar, quem pode chegar ao Barça?

Todos os olhos da janela de transferências estão voltados ao Barcelona. Com o dinheiro da multa de Neymar em mãos e muitos alvos em mente, podemos esperar uma grande novela até que os novos reforços sejam enfim contratados. Entre favoritos da torcida e da imprensa, os protagonistas dos rumores devem ser os mesmos atletas que já foram especulados desde que a notícia da saída do brasileiro foi dada, há duas semanas.


Dembelé, do Borussia Dortmund, é daqueles jogadores que parecem ter um futuro certo como jogador do Barça. Isso é algo perceptível desde sua ida à Alemanha, no ano passado, quando o Barcelona era um dos interessados em contratá-lo. Desde aquela época o secretário técnico do clube admirava o jogador, a imprensa catalã diz que o interesse se mantém e o atacante do Dortmund é o principal alvo para substituir Neymar.


O cenário que se desenhava até antes da saída do brasileiro era a permanência de Dembelé na Alemanha por mais um ano, assinando com o Barça no meio de 2018. Resta saber se há chances desse plano mudar e o francês chegar antes, uma operação que poderia ser complicada, já que ele não possui uma multa em seu contrato e, caso o jogador queira a transferência, o Borussia poderia dificultar a negociação.


Blog NouNeymar poderia suceder Messi no Barça, mas sai jogando sua idolatria no lixo


Outro dos favoritos para chegar ao clube é Philippe Coutinho. Podendo jogar tanto na função de Neymar como no meio de campo, ele é o reforço de peso que o Barcelona tanto quer para deixar seu setor criativo mais forte. A rádio RAC1, uma das melhores fontes sobre o Barça na Catalunha, diz que a chegada do brasileiro junto à de Dembelé é uma prioridade para o clube.


Getty Images
Getty Images

Coutinho é um dos reforços de peso que o Barcelona sonha


Contudo, o Barcelona esbarra novamente em um jogador sem multa e com um clube que insiste em dizer publicamente que não irá negociá-lo. Seria um ótimo reforço, mesmo que por um preço por volta dos 100 milhões de euros. Difícil será convencer o Liverpool a perder seu grande jogador no ano em que volta à Liga dos Campeões.


Um jogador que pode ganhar força caso um - ou ambos - dos citados acima não sejam contratados é Kylian Mbappé, do Monaco. Depois de se destacar na temporada passada, com atuações brilhantes nas fases decisivas da Champions, o atacante de apenas 18 anos é um dos grandes alvos para todos os gigantes europeus.


Há poucas semanas, o Marca noticiou que o Real Madrid havia chegado a um acordo de 180 milhões de euros pelo francês. Já o Manchester City estaria disposto a atravessar o negócio e pagar a mesma quantia por ele.


O L’Equipe estampa hoje em sua capa que Mbappé pediu para sair do Monaco e inclusive menciona que já houve uma reunião entre Barça e os representantes do atleta. A vantagem para ele é clara: chegaria ao Barcelona para ser titular, algo que não é garantido no Real e no City.


Dybala, sonho antigo do clube, seria uma contratação cara, já que também não tem multa, e não faria tanto sentido para jogar no lado esquerdo do ataque. A porta do Barça deve estar sempre aberta para ele, mas o argentino não é a melhor opção para repor essa carência que surgiu no time.


Griezmann, outro dos especulados recentemente, tem cláusula de 200 milhões de euros para rescindir seu contrato e não figura entre as melhores opções. É um jogador que não se encaixa na posição que Neymar deixou vaga e não tem muito para mostrar além do que já o vimos fazer no Atlético de Madrid, pouco perto do que Mbappé e Dembelé, por exemplo, podem alcançar em poucos anos.


Se o relatado pela rádio RAC1 for verdadeiro, a opção escolhida pela diretoria é também a que melhor se encaixa nas necessidades do clube. Dembelé é rápido e tem bom drible, se encaixaria bem no esquema do Barcelona que vimos na pré-temporada. Coutinho, por sua vez, seria um ótimo reforço para o meio de campo, pronto para disputar a posição de titular. Reforçar dois setores com jogadores desse nível seria a melhor forma de usar o dinheiro que está à disposição do clube a partir de agora.


Getty Images
Getty Images

Dembelé agrada muito, enquanto Mbappé pode ser outra opção para reforçar o ataque


Não há como contratar alguém que já seja tão bom quanto Neymar. O dever do clube, então, é contratar alguém que possa ser tão bom quanto o brasileiro em alguns anos e que mesmo hoje, ainda abaixo desse nível, consiga ser decisivo para formar o ataque com Messi e Suárez. Dembelé e Mbappé são jogadores que se encaixam nesse perfil e devem ser as prioridades.


As novelas, entretanto, vão durar muito mais do que gostaríamos. Os clubes não querem liberar seus jogadores, os valores do mercado estão inflacionados e todos sabem que o Barcelona está com mais de 200 milhões de euros na mão para gastar, precisando de um reforço de peso para compensar uma grande perda no elenco.


Ao menos os jogadores que serão procurados sabem que chegariam para ser titular. Não há mais a necessidade de disputar por uma vaga com o trio MSN. Há um espaço no time que será preenchido pelo próximo atacante contratado pelo clube.


Esse é um argumento que não existia antes e ajuda a eliminar uma parte do problema: com a vaga de titular aberta, é muito mais fácil convencer um jogador a aceitar a transferência para o Barcelona. O difícil vai ser negociar com os clubes.