A luz no fim do túnel: Moto Club 0 x 4 Bahia

Nada disso era esperado. Depois da derrota para o Paraná pela Copa do Brasil e mais uma vez eliminado precocemente, o Bahia voltou suas atenções para a Copa do Nordeste, tentando apagar o fogo que deixou para a torcida.


Bahia viajou a São Luis-MA para enfrentar o Moto Club, um time apático e sem brio. Mas o que esperar do rodízio de Guto? Voltaria ver Juninho no banco? Guto não queria colocar seu trabalho na reta, resolveu escutar a torcida e promover Juninho e Allione como titulares. E deu certo. O time jogava de forma aberta, com toques simples e com um meio de campo mais composto, utilizando suas laterais e passando a bola pra quem sabe marcar gol.


Hernane desencantou de vez, marcou duas vezes e viu Régis garantir sua titularidade diante daqueles que ainda acreditam em Renato Cajá, que, volto a repetir, tem que sair.


EC Bahia
EC Bahia

Juninho, um dos destaques do meio-campo do Bahia


Apesar das dificuldades do time no segundo tempo, o Bahia soube suportar a pressão do Moto Club. Com uma atuação brilhante, o goleiro Jean calou a boca de mais um bocado de cornetas por api. Vem fazendo partidas seguras e dando a volta por cima depois da falha na Copa do Nordeste em 2015, ganhando agora mais confiança.


Assistí ao jogo e pude observar alguns jogadores, como o zagueiro Tiago, por exemplo, um gigante na partida ao lado de Éder. Destaque também para Allione, que, depois de um tempão parado, mostrou o que sabe fazer, participando de 3 dos 4 gols do Tricolor.


Segue em detalhes a análise:


Jean - Nota 9
Excelente atuação do garoto que vem ganhando a confiança da torcida jogo a jogo. Fez pelo menos 5 defesas difíceis.


Eduardo - Nota 7
Eduardo foi bem na partida e está em excelente força física. Ainda peca nos cruzamentos.


Tiago - Nota 9
Gigante em campo, traz uma segurança para o elenco, principalmente quando o meio falha.


Éder - Nota 8
Não é de agora que venho falando que esse garoto merece toda atenção. É sempre utilizado para cobrir os titulares e faz o papel que lhe é devido. Muito seguro e vem amadurecendo bastante.


Armero - Nota 4
Ainda não mostrou a que veio. Falhas constantes de cruzamento e cobertura. Se salvou pelo cruzamento do primeiro gol. 


Juninho - Nota 8
Parece que achou definitivamente seu espaço. Espero que Guto veja a importância dele. Preciso nos passes, quesito em que falhava sempre, e bom preparo físico. É titular absoluto.


Édson - Nota 8
Xerife em campo. Preciso nos passes e ajuda muito o meio com Juninho. Visão de partida incrível que esse jogador tem.


Régis - Nota 9
Um maestro em campo. Com 2 gols marcados, Régis caiu nos braços da torcida e não poderá sair desse time. Ajuda muito na criação das jogadas e tem sido um braço direito pra Hernane.


Allione - Nota 8
Ainda voltando de contusão, a entrada de Allione foi majestosa. Participativo e muito ativo em campo, é sem dúvida alguma titular absoluto.


Hernane - Nota 8
O Brocador voltou. Marcou 2 vezes e tem o elenco a seu favor. Precisa somente ficar mais na área, mas já tem melhorado bastante.


O clima melhorou depois do triunfo de hoje e parece que a luz apareceu no fundo do túnel. Guto Ferreira abriu os olhos ou tomou um esculaxo da diretoria pela postura e falta de clareza com o esquema tático.


Bahia classificado às quartas, mas ainda faz um jogo de sua chave diante do Fortaleza, já eliminado. O jogo poderá ser um bom teste para seu rodízio, mas creio que o time deverá ser o mesmo que enfrentou o Moto Club. Seria interessante se ele usasse Matheus Sales, Matheus Reis, Wellington Silva e Maikon Leite para pegarem rítimo de jogo.


#BBMP