Brincadeira tem hora: Fluminense de Feira 1 x 1 Bahia

Gazeta Press
Gazeta Press


Uma verdadeira palhaçada. O Bahia saiu do gramado do Jóia da Princesa hoje depois de um patético empate contra um time que jogou com um a menos desdo início do segundo tempo.


Está certo que Guto está fazendo um rodízio para o Campeonato Baiano, e isso todos sabem, mas usar os garotos da base pra fazerem palhaçada em campo ninguém esperava. O time estava totalmente sem cria. Renato Cajá mais uma vez apagado, Juninho errando passes bobos e chutando longe do gol, Zé Rafael caindo de maduro e Gustavo sem forças.


Querendo segurar um resultado diante do Fluminense de Feira, que de bobo nao tem nada, Guto Ferreira me deixou preocupado para as próximas rodadas. Ele tá achando que isso tudo deve ser brincadeira. Sem posse de bola, sem criação e sem movimentação, o Bahia se entregou em campo e viu o Flu empatar aos 50 minutos do segundo tempo e colocar água no chopp do Bahia. Já não sei o que eu posso falar mais sobre esse rodízio. Já passou da hora de Marcelo Sant'Ana passar o rodo no vestiário e colocar ordem na casa.


O Bahia só venceu 3 veses no comando de Guto Ferreira jogando fora de seus dominios. Agora pega o Paraná na Vila Capanema pela Copa do Brasil e ai eu quero ver como será a postura do time. Será que Guto vai brincar novamente? Nao sou corneta e muito menos negativo, mas, se não acertar o time titular agora e esquecer desse rodízio, o Bahia vai passar dificuldades daqui pra frente. 


Jogador custa caro e todos sabem disso, mas deixar de fora Jean, Hernane, Régis e Edson em um jogo contra um time da zona de classificação é um desrespeito com o torcedor. E não venha me falar "time tem crescido", "o rodizio é importante", que a torcida nao engole mais. Não adianta falar que 1x0 tá bom todo jogo. Além de ganhar, o time precisa passar confiança. 


Sábado tem o primeiro teste a ser batido: Paraná pela Copa do Brasil. Se eu fosse Guto, arrancava a preocupação da torcida e mandava pro bebeléu, dando um esporro no jogadores. Viajaria pra Curitiba e enfrentaria o tricolor paranaense com: Jean, Eduardo, Thiago, Jackson e Armero. Juninho, Edson, Matheus Sales e Régis. Hernane e Maikon Leite


Seja o que os orixás quiserem! BBMP