Aos 90 minutos, Avaí supera a melhor defesa do returno

O Joinville chegou à quinta rodada do returno com 10 pontos, na segunda colocação e sem sofrer gols. Realmente, o time está cascudo e muito bem organizado defensivamente. Eu achei que seria um amargo empate, até que Denilso rompeu a invencibilidade do JEC, aos 90 minutos de jogo.


O Catarinense está em outro nível, muito mais competitivo e interessante conforme se encaminha para a reta final. Apresento, aqui, quatro fatores sobre a partida que são importantes para entender o contexto todo.


Melhor defesa do campeonato


O JEC tem a melhor defesa do campeonato, agora com apenas 1 gol sofrido, graças ao excelente trabalho do treinador Fabinho Santos. A formação tática variava surpreendente bem. Notei 3-4-3, 4-4-2 e, em momentos de pressão constante do Avaí, 4-2-3-1. 


O Avaí chutou bastante de fora da área, já que as linhas do JEC eram próximas e apertavam toda bola. Apesar do trabalho defensivo, o Leão dominou o ritmo do jogo e não tomou sustos dos visitantes.


Marquinhos e o recorde de gols na Ressacada


O atual recorde de gols da Ressacada pertence a Décio Antônio, hoje comentarista da Guarujá, mas jogou pelas cores avaianas nas décadas de 1980 e 90. Ele tem 57 gols. M10, 56. 


Se o juizão tivesse marcado um pênalti claro, no segundo tempo, quem sabe Marquinhos teria alcançado mais uma marca histórica na carreira.


Gil Guzzo/Gazeta Press
Gil Guzzo/Gazeta Press

Com a pressão do JEC, a saída para o Avaí era contra atacar ou chutar de fora


Péssima arbitragem


Célio Amorim não soube conduzir a partida. Além de não marcar penalidade clara, quando Alex Ruan, lateral do JEC, meteu o braço na bola, não teve critérios para faltas e parava o jogo constantemente. O Avaí foi claramente prejudicado pelo mal posicionamento do árbitro naquele lance. Aliás, os atletas do Joinville também reclamaram muito durante a partida.


Retorno de lesionados


A equipe que entrou em campo hoje é praticamente a principal, com exceção de Júnior Dutra, que jogou no lugar de Rômulo, ainda lesionado. Todavia, Leandro Silva, Judson e Diego Jardel retornaram á equipe titular. Esses atletas serão importantes nessa arrancada final, já que a Chapecoense (líder) deve usar reservas no estadual, devido ao calendário de Libertadores e Recopa.


No final de semana, o desafio é contra o Brusque, fora de casa. Também é partida a ser vencida com dificuldades. O Bruscão tem o artilheiro do campeonato, atacante Belusso, com 10 gols. Aliás, existe uma conversa de que o Avaí tem interesse no atleta para a disputa do Brasileirão.