Trio MSN? O momento é da dupla Griezmann e Gameiro

Getty Images
Getty Images

Antoine Griezmann e Kevin Gameiro vivem momento exuberante 


Atlético de Madrid 3 x 2 Celta de Vigo, 12 de fevereiro. Um gol de Griezmann e uma assistência de Gameiro.


Sporting Gijón 1 x 4 Atlético de Madrid, 18 de fevereiro. 3 gols de Gameiro e 2 assistências de Griezmann.


Bayer Leverkusen 2 x 4 Atlético de Madrid, 21 de fevereiro. Um gol de Griezmann, um gol e uma assistência de Gameiro.


As estatísticas falam por si. 


A conexão entre os atacantes franceses Antoine Griezmann e Kevin Gameiro nunca deu tão certo como nos últimos 15 dias pelo Atético de Madrid. 


A dupla nunca se mostrou tão letal como nestes 3 jogos que sucederam a eliminação da Copa do Rei e que antecedem o reencontro com o Barcelona, neste domingo, às 12h15, no estádio Vicente Calderón. 


O entrosamento entre Griezmann e Gameiro parece ter atingido seu pico, beneficiado por coadjuvantes de luxo no setor de ataque. Ferreira Carrasco o principal deles. O belga vem sendo fundamental para puxadas de contra-ataque e triangulações insinuantes.


Em comparação com o Barcelona, o momento é todo do Atlético de Madrid. Os catalães vivem o período mais frágil de toda a temporada, talvez de toda a era Luis Enrique. Desconfiança, dúvida e contestação são as palavras que resumem o Barça e seu treinador atualmente.


Enquanto isso, o Atlético de Madrid está com a confiança lá em cima. 


Até Fernando Torres, ora titular, ora vindo de banco de reservas, está com moral, contribuindo com gols importantes nesta sequência positiva que o Atleti carrega para o confronto diante do Barcelona.


Ao torcedor colchonero, fica a esperança de que a parceria entre Griezmann e Gameiro - e o ataque como um todo - siga funcionando. Se a vitória vier, o Atlético, que não vence o Barça desde abril do ano passado, diminui para 3 pontos a distância para a equipe do trio MSN.  


RETORNO IMPORTANTE


Se o desempenho do ataque do Atlético de Madrid vem sendo exepcional nas últimas semanas, a defesa vem batendo cabeça ultimamente. No duelo contra o Bayer Leverkusen, houve lambança do goleiro Moyá e trapalhada do zagueiro Savic.


Felizmente, Jan Oblak, que ficou no banco de reservas na BayArena, deve começar como titular e Diego Godín, que recebeu alta depois de lesão muscular na coxa direita, deve reassumir o posto de xerife da defesa colchonera depois de 3 jogos como desfalque. 


Vamos pra cima deles, Atleti!