O primeiro e último cinquentenário do Vicente Calderón

Getty Images
Getty Images

O estádio Vicente Calderón à espera do duelo entre Atlético de Madrid e Bayern de Munique, pela segunda rodada da fase de grupos da atual UEFA Champions League


O icônico estádio Vicente Calderón completou seu primeiro e, ao que tudo indica, último cinquentenário neste mês de outubro. 


Isso porque tudo parece pronto para a mudança definitiva ao fim desta temporada para o bairro de La Peineta, onde o Atlético conduz a reforma do Estádio Olímpico de Madrid, para transformá-lo oficialmente em sua nova casa em 2017. Em breve, abordarei mais sobre as obras e o novo estádio. Porque, antes disso, é momento de reverenciar um verdadeiro monumento do futebol da Espanha chamado Vicente Calderón.


No último dia 2, data oficial do aniversário, o estádio foi aberto para visitação pública dos torcedores, que puderam andar por todos os ambientes, incluindo vestiários e túnel de acesso ao campo. Os visitantes tiveram a possibilidade de tirar fotos ao lado dos 19 troféus conquistados pelo clube ao longo dos últimos 50 anos.


Foi, sem dúvida, um dia de muita emoção e lembranças. Lembranças que começam no dia 2 de outubro de 1966, quando o ainda denominado Estádio del Manzanares - nome do rio situado ao lado do estádio e que também dá nome a bairro de Madrid - recebeu a primeira partida oficial do Atlético, comandado à época pelo lendário técnico brasileiro Otto Glória.


Glória, meses antes, havia levado a seleção portuguesa ao histórico terceiro lugar na Copa do Mundo da Inglaterra. Luís Aragonés anotou, de cabeça, o primeiro gol do estádio, aos 19 minutos do primeiro tempo. Ao final, empate por 1 a 1 com o Valencia.


A nomenclatura atual do estádio, em homenagem ao histórico presidente Vicente Calderón, seria adotada somente em julho de 1971.


A inauguração do campo foi feita em meio a obras, que só estariam completamente finalizadas em 1972. O Vicente Calderón se tornou na ocasião o primeiro estádio espanhol com 100% de assentos para o público.


Trinta anos depois, em abril de 2002, a UEFA concedeu a qualificação de 5 estrelas ao estádio, habilitando-o a ser sede de jogos da mais alta relevância no continente europeu, como as finais dos torneios por ela organizados.


Getty Images
Getty Images

Fachada do estádio Vicente Calderón, em seus últimos suspiros como casa do Atlético de Madrid


No sábado, o Atlético de Madrid venceu o Málaga por 4 a 2, no último mês de aniversário do estádio recebendo jogos da equipe. 


Por falar em jogos e vitórias, volto ao tempo para relembrar abaixo outras partidas emblemáticas da história do estádio que enche a torcida colchonera de orgulho:


5/10/1970 Atlético 3 x 0 Cagliari, pela Copa dos Campeões da Europa, com 3 gols de Luis Aragonés. Mítica noite europeia, destroçando o então campeão italiano na primeira grande temporada do clube na Copa dos Campeões, em que os colchoneros só seriam derrotados mais tarde pelo Ajax de Cruyff. 


23/5/1972 Espanha 2 x 0 Uruguai, inauguração do estádio completo, com as tribunas construídas sobre a autopista M30, que margeia o rio Manzanares.


20/3/1973 Atlético 3 x 1 La Coruña, conquista da Liga Espanhola, a primeira garantida com jogo dentro da nova casa.


24/4/1974 Atlético 2 x 0 Celtic, jogo que significou classificação para a primeira final da Copa dos Campeões do clube, que seria perdida em uma melhor de 3 partidas contra o Bayern de Munique.


24/4/1975 Espanha 1 x 1 Alemanha, primeira partida oficial de seleções no estádio, pelas quartas-de-final da Eurocopa. Naquela época, apenas 4 seleções disputavam a fase final do torneio e os germânicos levaram a melhor nessa disputa. 


21/4/1978 Atlético 0 x 3 Brasil, partida festiva comemorativa dos 75 anos do clube, recebendo a seleção brasileira completa, em preparação para a Copa do Mundo da Argentina.


28/4/1982 França 1 x 0 Áustria, primeira das 3 partidas da Copa do Mundo da Espanha disputadas no estádio. Um golaço de falta de Genghini decidiu o jogo.


23/10/1991 Atlético 3 x 0 Manchester United, goleada que deu vantagem ao time nas quartas-de final da Recopa Europeia, com show do português Paulo Futre.


25/10/1996 Atlético 2 x 0 Albacete, vitória que garantiu a nona Liga Espanhola.


9/4/2014 Atlético 1 x 0 Barcelona, resultado que levou o clube de volta às semifinais da máxima competição europeia.


27/4/2016 Atlético 1 x 0 Bayern, noite inesquecível com um golaço de Saúl Ñiguez, que deu vantagem ao Atlético no duelo para classificação à sua terceira final de Champions League.


E para você, fã de esporte, qual o seu jogo memorável do estádio Vicente Calderón?