Reencontro, marca histórica e protesto político na terceira vitória seguida do Athletic

O confronto entre Athletic Club e Girona, transmitido pela ESPN+, tinha tudo para ser apenas mais um jogo de começo de temporada, envolvendo um time em preparação para a Liga Europa e uma equipe recém promovida à elite espanhola. A sequência de fatos, dos mais diversos tipos, fez com que a boa vitória dos rojiblancos fosse marcante tanto dentro quanto fora de campo.


Com gols de Muniain e Aduriz, o Athletic foi eficiente numa partida de posse de bola bem dividida e até mais finalizações por parte dos visitantes. O 2 a 0 no placar garantiu a quarta posição na classificação de La Liga, que ainda está em sua terceira rodada.  Com um gol de saldo a mais, o Sevilla é terceiro, enquanto Barcelona e Real Sociedad seguem com 100% de aproveitamento.


Divulgação Athletic Club
Divulgação Athletic Club

Aduriz fez seu 150º gol com a camisa do Athletic


O REENCONTRO COM GORKA IRAIZOZ


O esperado reencontro com o grande goleiro da última década ocorreu já na terceira rodada. Durante a semana, diversas entrevistas com meios de comunicação do país foram realizadas e Iraizoz sempre ressaltou o carinho que tem pelo Athletic. Para ele, o clube virou sua família, depois de passar uma década defendendo o gol dos Leones. Ovacionado pela torcida, incrivelmente o goleiro foi esquecido pela revista do clube ao listar o elenco do Girona.


Se era previsto um jogo emocionante para o ex-goleiro, talvez tenha faltado chance de mostrar o quanto conhece o time de Bilbao, pois nas poucas oportunidades claras de gol do Athletic os donos da casa foram muito precisos. Méritos para Iñaki Williams que foi o grande assistente da partida, como se pode ver no vídeo abaixo.  



MAIS UMA MARCA HISTÓRICA DE ADURIZ


Graças a um passe "açucarado" de Williams, Artiz Aduriz conseguiu o 150º gol com a camisa do Athletic e se tornou um dos nove atletas a alcançarem tal marca histórica. Com mais dois gols, o artilheiro da camisa 20 se iguala a Piru Gaínza, lenda do clube nos anos 40 e 50. 


Já com o placar praticamente garantido, Ziganda deu a chance para Aduriz descansar e ver uma falha de Iraizoz quase se tornar mais um gol do Athletic. Reserva imediato do camisa 20, Sabin Merino não teve sorte para colocar nas redes e sair comemorando com a parte remanescente da torcida. 






APOIO À CATALUNHA E PROTESTO CONTRA URRUTIA


De parte das arquibancadas, era anunciado há dias o apoio à Catalunha, que busca realizar um referendo separatista no dia 01 de outubro. Com todo histórico que o País Basco também tem sobre o assunto, a realização de um jogo com um time catalão um dia antes das celebrações da Diada, data comemorativa da região dos visitantes, fez com que o tema voltasse à tona.


O vídeo acima mostra o que houve no minuto 11 do primeiro tempo. A mistura de aplausos dos bascos em meio aos gritos de independência dos visitantes lembrou muito o que tradicionalmente ocorre nos jogos realizados no Camp Nou, em Barcelona. O fato, no entanto, passou estranhamente despercebido pela mídia espanhola. 


E sendo um dia de protesto por parte da organizada do Athletic, sobrou também para o presidente Josu Urrutia. Relatos informam a retirada forçada de cartazes referentes a um torcedor-símbolo que morreu há cinco anos, sendo o estopim para esvaziarem o setor que tradicionalmente ocupam nas arquibancadas.


Se os ânimos ficam tensos na arquibancada, pelo menos em campo as vitórias seguem aparecendo. O desafio agora é em Berlim!


Aupa Athletic!
@JorgeKadowaki
Siga-nos no Facebook! E também no Twitter!