Vacilo fora de casa e a Europa ameaça escapar pelos dedos do Athletic

Tinha tudo para ser conforme o cenário mais previsível: Athletic completo, jogando contra adversário conhecido e da região (Alavés), sendo favorito e provavelmente abrindo vantagem para os adversários diretos que já tinham perdido na rodada. No entanto, este domingo foi um daqueles dias em que nada dá certo. 


Divulgação Athletic Club
Divulgação Athletic Club

Kepa e todo mundo olhando o 'foguete' do lateral Theo, do Alavés


Este blogueiro já criticou muito Ernesto Valverde no passado, basta ver postagens antigas e ver inúmeras reclamações sobre aproveitamento de elenco, esquema tático e até atitude mesmo para liderar e motivar um grupo. O que aconteceu nessa antepenúltima rodada da temporada, no entanto, vai passar sem críticas ao treinador.


Não havia motivos para inventar, principalmente depois de passar todo mês de Abril com a formação (enfim) adequada. Sabendo que tem um elenco superior e um momento melhor, de fato é justificada a escolha de fazer o favoritismo conspirar a favor. O que se viu em campo, no entanto, foi uma inesgotável quantidade de gols perdidos, inclusive de quem não se imagina isso: Aduriz.


Divulgação Athletic Club
Divulgação Athletic Club

Nenhum dos três destaques do clube conseguiu salvar o dia


Talvez os rojiblancos não saibam encarar a responsabilidade de serem favoritos. Quem sabe a pressão ainda é algo que pese para esse elenco que também tremeu na hora errada na temporada passada. A derrota por um golzinho só (na verdade, um golaço do lateral Theo Hernandez) abalou o Athletic no segundo tempo.


A dura derrota para o Alavés deixa a situação dos Leones bastante crítica. Vencer o Leganés, o que deveria ser algo tranquilo em casa, passa a virar algo tenso e urgente. Dependendo dos resultados da penúltima rodada, o mais provável vai ter que ser uma vitória em Madri, diante do Atlético.


O cenário mais previsível agora é que a gente acabe vendo mesmo a vaga ir ao grande rival. Se isso ocorrer, vai provavelmente ser um fim da era Valverde de forma melancólica. Agora resta torcer é pelo vacilo também dos outros. 


Aupa Athletic!
@JorgeKadowaki
Siga-nos no Facebook!