Aos 44 do segundo, o menino de 36 anos salva o Athletic

No dia em que comemorava 36 anos, Aduriz foi quem acabou dando o presente para a torcida rojiblanca no San Mamés e para Ernesto Valverde, o qual comemorava a histórica marca de 212 jogos como treinador do Athletic, passando Javier Clemente como o comandante dos Leones em jogos do torneio nacional.


Contando com casa cheia para receber o debilitado Deportivo La Coruña, com apenas 19 pontos em La Liga, a perspectiva era que uma fácil conquista pudesse acontecer. A realidade foi que o mesmo sufoco contra o Sporting Gijón surgiu e a reação só veio porque os jogadores em campo deram o sangue e tiveram muita sorte também.


Divulgação Athletic Club
Divulgação Athletic Club

Mostrando o oportunismo de um matador, Aduriz aproveitou a chance e colocou pro fundo das redes aos 44 do segundo tempo


Posso parecer repetitivo, mas assusta como uma equipe há tanto tempo jogando e com o mesmo treinador acaba sendo limitada em sua criação e na forma de jogar. O roteiro deste sábado (11) foi o mesmo de vários outros jogos contra equipes mais fracas e a vitória não pode ser condicionada à raça dos que vestem a camisa do Athletic.


Desta vez, coube às entradas de Susaeta e Iturraspe para que houvesse reação no segundo tempo, após o golaço feito por Emre Çolak na primeira metade que calou o San Mamés. Iker Muniain foi outra peça importante para a vitória de sábado e vem mostrando um crescimento sensível após atingir a marca de 300 jogos com a camisa rojiblanca.


Divulgação Athletic Club
Divulgação Athletic Club

O trio que deu brilho ao jogo e colocou o sorriso no rosto do torcedor do Athletic no sábado


Ainda assim, em quase todas as vitórias, apesar dos destaques diversos, não há como negar que o destaque vive sendo o nosso camisa 20. Até quando ele está apagado, como foi no sábado, faz a diferença. Assim foi no cabeceio que deu a chance de rebote para Muniain dar um carrinho e empatar o jogo. E assim também foi quando Susaeta apareceu com perigo na área, mas perdeu o controle da bola... para Aduriz. E ele não perdoou.


Parabéns, artilheiro e ídolo da massa em Bilbao! Vamos com tudo no dia 16! Que o Apoel volte ao Chipre desanimado!


Aupa Athletic!
@JorgeKadowaki
Siga-nos no Facebook!