O escorpião de Giroud foi lindo, mas Puskas deve ir para sul-africano

Getty Images
Getty Images

Escorpião de francês foi belíssimo; Ozil também poderia estar entre finalistas


Olivier Giroud está entre os finalistas do prêmio Puskas. Seu gol escorpião diante do Crystal Palace foi fantástico e, como disse o blogueiro Willian Pereira em seu post após o francês atingir 100 gols com a camisa do Arsenal, o atacante merece respeito, mesmo não sendo um primor tecnicamente, nem estando entre os melhores do mundo em sua posição.


Os Gunners, aliás, poderiam ter dois concorrentes na final do Puskas. O gol de Mesut Ozil diante do Ludogorets é uma obra-prima, bem mais bonito do que o gol da venezuelana Deyna Castellanos, que acertou um bom chute do meio-campo, mas só viu a bola entrar nas redes porque a goleira deu uma forte contribuição.


Contudo, o prêmio merece ser de Oscarine Masuluke, goleiro do Baroka, da África do Sul. Ele foi para a área do oponente e mandou uma linda bicicleta, fora do do alcance do goleiro rival e também dos defensores que estavam a sua frente.


Veja os três finalistas abaixo:



Se o escorpião é algo mais original do que uma bicicleta, o fato de um goleiro dar uma bicicleta perfeita faz com que Masuluke tenha vantagem sobre Giroud.


Além disso, assim como ocorreu com o brasileiro Wendell Lira, o prêmio pode mudar a vida do goleiro sul-africano, que ficaria conhecido no mundo todo. Para Giroud, seria bacana, ok, mas não mudaria o status do atleta.