Só uma temporada incrível de Lacazette mudará o Arsenal de patamar

Getty
Getty

Centroavante custou caro e precisa provar seu valor


Apenas para esclarecer logo de cara: 53 milhões de euros para um jogador que sequer é titular absoluto de sua seleção é muita coisa, e tenho muitas dúvidas sobre o quanto Alexandre Lacazette irá acrescentar ao Arsenal.


Contudo, apenas um grande desempenho do atacante irá mudar o Arsenal de patamar.


A explicação é simples. O elenco é basicamente o mesmo da última temporada, que é basicamente o mesmo dos anos anteriores, com uma ou outra contratação a cada janela. Então, as virtudes (poucas) e os defeitos (muitos) devem seguir neste novo ciclo, que começou oficialmente no último domingo, com o título da Supercopa.


O que poderia mudar seria o trabalho do treinador. Há. Mesmo os que gostam de Arsene Wenger sabem que ele não fará uma revolução no time, assim como não fez nos últimos anos. José Mourinho, Jurgen Klopp e Antonio Conte estão há pouco tempo, e podem sim dar sequência a evolução do trabalho. Do nosso comandante, infelizmente, pouco se espera.


Então, temos tudo para seguir na mesma toada de sempre. Grandes jogos, derrotas inesperadas, um grande vexame diante de um grande adversário e a briga pelo quarto lugar ao final da Premier League (a Europa League é novidade nessa temporada, mas não tenho a mínima ideia da importância que o clube dará a esse torneio).


Com isso, apenas um grande ano de Lacazette poderá mudar esse roteiro. Com a ajuda de Sánchez, claro, que segue sendo de longe nosso grande jogador. Se o chileno não estiver com o rendimento dos anos anteriores, então, entrega para Deus.


Três jogadores também têm o poder de elevar o nível do time, e sobre eles falarei em um próximo post. Mas mudar de patamar e fazer a equipe brigar por taça, só ele. O camisa 9.