Reforços e garotada: a pré-temporada do Arsenal começou

Stuart MacFarlane/Arsenal.com
Stuart MacFarlane/Arsenal.com

A árvore: Kolasinac (ao fundo) mostrou fazer jus ao apelido; força física e disposição do lateral ajudarão muito o Arsenal


O Arsenal já está na Austrália para dar início a sua pré-temporada. No final de semana, a delegação com 25 atletas embarcou para Sydney, onde começa a turnê da equipe. Nesta quinta-feira (13), o time enfrenta o Sydney FC, às 6h30 (horário de Brasília). O jogo não será tão complicado quanto acordar cedo pra ver os comandados de Wenger, que como de costume, levou vários jovens para a estadia dos gunners na Oceania e Ásia.


Entre as novidades estão os reforços contratados: o lateral-esquerdo Kolasinac, que havia sido carinhosamente chamado de “árvore” pelo seu ex-técnico, Jens Keller, pela sua força física; e o atacante Lacazette, que ainda não teve seu número divulgado.


Debuchy, Jenkinson, Lucas Pérez, Gibbs e Szczesny não viajaram e devem negociar suas saídas. Entre os jovens, Akpom, Crowley e Jon Toral também não foram e devem ser emprestados, como já informado pelo Arsenal Stuff BR.


Nas demais ausências, Alexis, Mustafi, Bellerín, Holding e Chambers seguem de férias; Joel Campbell defende a Costa Rica na disputa da Golden Cup; e Wilshere, Cazorla, Reine-Adelaide e Gabriel estão lesionados.


Stuart MacFarlane/Arsenal.com
Stuart MacFarlane/Arsenal.com

Donyell Malen é um dos jovens de Wenger que estará presente na pré-temporada do clube


Nos jogos, Wenger deverá testar vários atletas e a principal curiosidade, além da escolha dos 11 titulares (que provavelmente só saberemos na estreia da Premier League), será sobre qual esquema tático o francês usará. O tradicional 4-2-3-1 foi deixado de lado e terminamos a última temporada no 3-4-3.


Com as peças que tem em mãos, não será novidade se o professor mantiver o esquema - pelo menos por enquanto. Certamente ele testará Monreal e Kolasinac juntos.


Confira a lista dos jogadores que viajaram e a agenda do Arsenal durante a pré-temporada:


Goleiros: Petr Cech, Emi Martinez e David Ospina.
Defensores: Krystian Bielik, Cohen Bramall, Sead Kolasinac, Laurent Koscielny, Per Mertesacker, Nacho Monreal
Meias: Francis Coquelin, Mohamed Elneny, Ainsley Maitland-Niles, Reiss Nelson, Alex Oxlade-Chamberlain, Aaron Ramsey, Joe Willock, Granit Xhaka e Mesut Özil.
Atacantes: Olivier Giroud, Alex Iwobi, Alexandre Lacazette, Donyell Malen, Eddie Nketiah, Theo Walcott e Danny Welbeck.


Após a estreia contra o Sydney, a equipe volta a campo no sábado (15), às 7h00 (sempre horário de Brasília), contra o Western Sydney Wanderers. Depois, o time viaja para a China, onde disputará a International Champions Cup. O primeiro jogo do torneio amistoso será contra o indigesto Bayern de Munique, no dia 19, às 8h20. Três dias depois (22), encara o rival Chelsea, às 8h40.


Fechando o mês, o Arsenal retorna para casa para disputar a tradicional Emirates Cup, que não acontecia desde 2015. Os jogos serão contra o Benfica, dia 29, e Sevilla, 30.


A estreia na temporada acontece no dia 6, contra o Chelsea, pela Community Shield. Na Premier League, os Gunners fazem o jogo de abertura do campeonato, no dia 11, contra o Leicester.

Rapidinhas


Sobre a ‘novela Alexis’, nada de novo que seja realmente confiável. Os jornais continuam atirando para todos os lados. No final de semana, surgiu que a escolha de ir para o City já havia sido feita pelo chileno e seu agente. Mas o que acontece de fato, é que ninguém realmente sabe o acontecerá senão o próprio jogador, que curte suas férias em alguma praia paradisíaca.


Sobre Lemar, o Arsenal parece ter se acertado com o jogador, mas o que emperra o negócio é o Monaco, que já recusou duas propostas e não deverá liberar o atleta tão fácil. Em relação a Mahrez, claramente ele é o plano B. Se o francês não vier, as investidas serão no argelino, que parece ser um alvo mais fácil.